Em Foco

Em Foco #2 – Gender pay gap – Disparidade salarial de género

O indicador Gender pay gap, que podemos traduzir como disparidade salarial de género, é um indicador não ajustado que mede a diferença relativa na remuneração bruta à hora entre mulheres e homens, permitindo-nos compreender quanto, em termos percentuais, ganham a mais ou a menos as mulheres face aos homens. Em fevereiro, o Em Foco explora indicadores que permitem perceber as diferenças remuneratórias entre homens e mulheres e a posição relativa que, com base neste indicador, Portugal ocupa no contexto da União Europeia. Daí se conclui que, pese embora as melhorias aparentes na nivelação das remunerações base médias, a disparidade é maior em Portugal no ganho médio mensal, que inclui todas as componentes remuneratórias. A comparação internacional possibilitada pelos indicadores do Eurostat, pese embora mais desatualizada face os indicadores divulgados pelas fontes de estatísticas oficiais portuguesas, demonstram bem que Portugal viu piorar a sua posição relativa na última década, figurando em 2016 entre os dez países da UE-28 com maior desigualdade salarial entre homens e mulheres.

Descarregar Em Foco #2.